Le véritable voyage de découverte ne consiste pas à chercher de nouveaux paysages, mais à avoir de nouveaux yeux. Marcel Proust - A La Recherche du Temps Perdu















segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

BARROQUISMOS V (1)

 

A igreja de Santa Maria del Popolo em Roma

No local existiu uma pequena capela construída no tempo do papa Pascoal II (1099 -1118), sobre o Mausoléu dos Domizi Enobarbi, para afastar o fantasma de Nero que segundo a lenda aqui teria sido sepultado. Aumentada no tempo de Gregório IX (1227-1241), quando passa a paróquia (ou populus), foi reconstruída por Baccio Pontelli e Andrea Bregno no pontificado de Sisto IV (1472-77). Já sob as ordens de Giuliano della Rovere (1443-1513), o papa Júlio II(1503-1513), Donato Bramante (1444-1514) reconstruiu a abside. Nos meados do século XVII, no ano em que a Inocêncio X (1644-1655) sucede o Papa Alexandre VII (Fabio Chigi) a igreja é remodelada por Gian Lorenzo Bernini.

Tentativa de um percurso pelo interior de Santa Maria del Popolo

smp180

Fèlix Benoist (1818- 1896 ) Philippe Benoist (1813-1881 ) INTERNO DELLA CHIESA DI S.TA MARIA DEL POPOLO. Litografia 36 x 25,5 cm. in ROME DANS SA GRANDEUR edit. Henri Charpentier  Nantes 1870.

O interior da igreja de Santa Maria del Popolo com uma significativa intervenção de Bernini e porque guarda um conjunto de obras de arte que datam desde a Idade Média até ao século XIX, merece um destaque particular.

smp86

foto in Storia dell’ Architettura italiana – il Seicento a cura di Aurora Scotti Tosini, Electa Milano 2003

A planta em cruz latina, divide-se em três naves, com capelas laterais. As decorações nos arcos da nave central são de Bernini e dos seus discípulos.

No arco do cruzeiro o brazão de Alexandre VII entre dois anjos esculpidos por um discípulo de Bernini, Antonio Raggi (1624-1686).

smp233

Num dos arcos da nave principal, Santa Cecília e uma figura com uma bandeira.

smp236smp233a      smp233b

be10

Edmond Bouchardon (1698-1762) Sainte Cécile et une femme tenant un étendard assises sur un fronton sanguínea 26,8 x 41,4 cm. Musée du Louvre

(Edmond Bouchardon (1698-1762) o escultor francês que trabalhou para Luís XV, viveu dez anos de estudo em Roma, onde produziu uma assinalável colecção de desenhos entre os quais se encontram diversos realizados na igreja de Santa Maria del Popolo. Utilizaremos alguns para ilustrar este percurso.)

No cruzeiro ergue-se uma cúpula, apoiada num octógono e com amplas janelas. As capelas Cybo (n.º2) e Chigi (n.º14) são também cobertas com cúpulas.

smp41a smp0000ab cópia

0 - Cúpula 1 – Capela Della Rovere dedicada a S. Jerónimo, 2- Capela Cybo dedicada a S. Lourenço 3- Capela Basso Della Rovere dedicada a S. Agostinho, 4 – Capela Costa dedicada a Santa Catarina 5- braço Sul do transepto 6 - corredor 7 – Sacristia 8 – Capela de S. Lúcia/S. Rita de Cássia 8a – Capela de S. Tomás de Vilanova 9 – Abside e Altar Mor 10 – Capela Cerasi 10a – Capela Theodoli 11 – braço Norte do transepto 12 – Capela Cybo Soderini 13- Capela Mellini dedicada a S. Nicolau Tolentino 14 – Capela Chigi dedicada à Virgem de Loreto  15 - Capela Baptismal

0Cúpula

smp00001   smp260

smp46

A cúpula é decorada com frescos de Raffaello Vanni (1590–1657) encomendados pelo papa Alexandre VII (Chigi) e executados entre 1656 e 1658, representando a Assunção da Virgem.

smp105

Nos pendentes as Mulheres da Bíblia,  Rute, Judite, Débora e Ester.

fz4

Rute e a Fidelidade

fz5

Judite e a força da Fé

fz6

Débora e a Prudênciafz7

Ester e a Consolação

Imagens in Fototeca da Fondazione Federico Zeri da Universidade de Bolonha

1 Capela Della Rovere dedicada a S. Jerónimo (S. Girolamo)

smp00002smp48

Fundada entre 1488 e 1490, pelo Cardeal Domenico della Rovere (1442-1501) irmão do Cardeal Cristoforo Della Rovere (1434-1478). Tem um tecto hexagonal e nas lunetas tem pinturas de Pinturicchio (Bernardino di Betto, 1454–1513) e dos seus discípulos, entre os quais  Tiberio Ranieri di Diotallevi (1470-1524) relatando os Factos da vida de S. Jerónimo (S. Girolamo) executadas entre 1485 e 1489. São eles: S. Jerónimo discutindo com o herético, S. Jerónimo no Deserto, S. Jerónimo tirando o espinho da pata do leão, S. Jerónimo e Santo Agostinho, e a Morte de S. Jerónimo.

smp49

Numa das lunetas o célebre episódio de S. Jerónimo tirando o espinho da pata do leão.

smp49a

No altar uma pintura também de Pinturicchio realizada entre 1478 e 1490, a  Adoração dos Pastores, (existe um quadro algo semelhante em Santa Maria Maior) ou seja o Presépio, razão pela qual a capela também é conhecida como a Capela do Presépio.

No primeiro plano, S. José, a Virgem Maria, na adoração de Jesus, acompanhados por S. Jerónimo e o Anjo. À direita o Burro e a Vaca. Por uma vereda entre rochedos vem os Reis Magos.

smp12

Repare-se na paisagem de fundo com uma igreja (que pode ser S.Pedro) e um rio (o Tibre?) atravessado por uma ponte.

smp12c

E nos elementos construtivos da cabana, de um lado ainda primitiva com um pilar de madeira e do outro um pilar mais elaborado com capitel, contrastando com a palhota no cimo do rochedo do lado esquerdo.

smp12z        smp12cd

Na parte inferior do quadro a inscrição

smp12y

DOMINICVS RVVERE CARD[INALI]S S[ANCTIS] CLEMENTIS CAPPELLA MARIAE VIRG[INIS] GENETRICI DEI AC DIVO HIERONIMO DICAVIT. (O cardeal de S. Clemente Domenico Rovere dedicou a capela à Virgem Maria mãe de Deus e a São Jerónimo)

Stendhal (Henri Beyle) nas suas Promenades dans ,13 Décembre 1827, escreve sobre o Pinturicchio: Si vous aimez en peinture la vénérable antiquité, cherchez dans la première chapelle à droite en entrant, et dans la troisième, des ouvrages du Pinturicchio, élève du Pérugin et compagnon de Raphaël.” (*)

(Se gostais na pintura da venerável antiguidade, procurai na primeira capela à direita ao entrar, e na terceira, as obras de Pinturicchio, aluno de Perugino e companheiro de Rafael.)

E mais adiante a propósito das pinturas da ábside, também de Pinturicchio:

“Les tableaux de ce peintre (je parle de ceux de Rome et non des immortelles fresques de Sienne) sont plus curieux qu'agréables, ils inspirent ce qu'on appelle un intérêt historique. On le retrouve encore ici à la voûte du choeur.” (*)

(Os quadros deste pintor (falo dos de Roma e não dos imortais frescos de Siena) são mais curiosos do que agradáveis, e inspiram o que chama de um interesse histórico. Também os encontramos na abóbada da ábside.")

(*) Stendhal Promenades dans Rome vol. II Calman Lévy Éditeur, ancienne maison Michel Lévy Frères 3, rue Auber Paris 1883

Na parede do lado direito da capela encontra-se o magnífico túmulo de 1506, do cardeal Juan de Castro (1431-1506)  atribuído a Francesco da Sangallo (1484-1576).

smp12x

smp30

A Bondade e a Caridade

smp30a smp30b

Dois levantamentos do túmulo do Cardeal Juan de Castro

smp82

Auguste Grandjean de Montigny (1776-1850) (**), e  A. Famin pub. Ducher & Cie 1815 e 1874

(**) Foi membro da Missão Artística Francesa que em 1816 se deslocou ao Rio de Janeiro a convite de D. João VI, e aí permaneceu Grandjean de Montagny até falecer em 1850.

smp1006

Paul Letarouilly (1795-1855) – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXL

Na parede oposta, os túmulos de Cristoforo Della Rovere (1434-1478) e de Domenico Della Rovere (1442-1501), de Andrea Bregno (1418–1506), encimados por uma Virgem com o Menino, ladeada por anjos, de Mino da Fiesole (1429-1484). Ainda as armas de Della Rovere.

smp25b

smp25ba

smp1010

Paul Letarouilly – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXL

smp173

in RenascenceThe Sculptured  Tombs of the Fifteenth Century in Rome by Gerald S. Davies M.A. New York E. P. Dutton and Company 1916

fz15

Detalhe da Balaustrada com o Brazão dos Della Rovere ladeado por dois Putti in Fototeca da Fondazione Federico Zeri da Universidade de Bolonha

Num pilar exterior o sepulcro de Francesco Catel Bertolinen (?-?), pintor alemão, com um busto do escultor  Julius Troschel (1806-1863).

smp160a  smp160

E ainda o túmulo de Galeotto Bernardini (1591).

2 - Capela Cybo dedicada a S. Lourenço

smp00003  smp35c

A Capela Cybo dedicada a S. Lourenço foi fundada pelo cardeal Lorenzo Cybo (c. 1450-1503). Decorada inicialmente por Pinturicchio, foi entre 1680 e 1687 totalmente remodelada por Carlo Fontana (1624-1714).

   smp61

Carlo Fontana – Projecto final para a Capela Cybo

De planta em cruz grega, é coberta com uma cúpula onde Luigi Garzi (1638–1721) pintou A Glória do Pai Eterno  (1686).

smp43

smp52

No altar com putti e baixo relevos em bronze de Francesco Cavallini  (1672-1703),…

smp133

…a Imaculada Conceição e S. João Evangelista, S. Gregório Magno, S. João Crisóstomo e S. Agostinho,  pintura de Carlo Maratta (1625 - 1713).

smp8

Carlo Maratta - Immacolata Concezione, con i Santi Giovanni Evangelista, Gregorio, Giovanni Crisostomo e Agostino.

S. João Evangelista de pé, com uma túnica vermelha que sublinha a importância da personagem, explica o significado da Imaculada Conceição aos santos Doutores da Igreja. Repare-se nos indicadores de S. João, apontando para a Virgem com a mão direita e para o Livro com a esquerda, numa direção que se prolonga em subtis paralelas na parte inferior do quadro: a cornija, a pena de S. Agostinho e um dos livros colocados nos degraus e o báculo pousado por terra.

smp8abcde

O jogo dos olhares das personagens faz o espectador percorrer o quadro numa espiral que termina na Virgem. S. Gregório Magno, com vestes papais, olha para o Evangelista e segura o Livro. S. João Crisóstomo por detrás olha para o Livro e S. Agostinho sentado à esquerda, numa posição algo subalterna, escrevendo olha para a figura da Imaculada. smp8a

Os  desenhos de Bouchardon sobre o quadro:

1be22 be2a

1 La Vierge assise sur des nuages lápis branco e sanguínea 50,6 x 40 cm. Musée du Louvre  2 S. Gregório  Desenho a lápis vermelho e branco 60,5 x 41 cm. Musée du Louvre

Nas paredes laterais da capela os dois sepulcros gémeos de 1683/84, do cardeal Lorenzo Cybo (1451-1503) sobrinho do papa Inocêncio VIII, à esquerda…smp29a

…e o de Alderano Cybo (1613-1700) à direita, ambos de Francesco Cavallini (1672-1703).smp29

No vestíbulo duas telas de Daniele Seyter (1649-1705):  o Martírio de S. Lourenço (por alguns atribuída a Giovanni Maria Morandi 1622–1717), e o Martírio de Santa Catarina de Alexandria na parede oposta.

smp51

Daniele Seyter (1649-1705) o Martírio de S. Lourenço

Uma composição também a partir de diagonais que sublinham o movimento e o dramatismo da cena, S. Lourenço a ser colocado na grelha onde foi queimado vivo.

smp51a

fz9

Giovanni Maria Morandi (ou Daniele Seyter ?): o Martírio de Santa Catarina de Alexandria.in Fototeca da Fondazione Federico Zeri da Universidade de Bolonha

A roda com que Santa Catarina foi martirizada, define uma circunferência centrada na Santa, geradora de toda a composição e onde se inserem as personagens.

fz9a

smp50

(Não foi possível encontrar melhor reprodução a cores)

No pilar externo o sepulcro de Adele Julien (?-1860), com um busto de Pietro Tenerani (1789 — 1869).

Também o túmulo do pintor Gaspare Celio (1571-1640), com um retrato de Francesco Ragusa (1591-1665).

3 - Capela  Basso Della Rovere dedicada a Santo Agostinho.

smp00004   smp34

smp1002

Paul Letarouilly – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXL

Fundada pelo cardeal Girolamo Basso Della Rovere (1434-1507 ) primo do papa Júlio II. É coberta por uma com 5 cenas da vida da Virgem Nascimento da Virgem Maria, Educação da Virgem maria, Apresentação da Virgem Maria no Templo, Núpcias da Virgem Maria e Visitação, de Pinturicchio e do seu atelier executadas entre  1490 e 1510.

smp70

smp70b

Nascimento da Virgem Maria

smp181

Apresentação da Virgem Maria no Templo

smp70a

A educação da Virgem Maria

No altar A Virgem com o Menino rodeada por Santos 1480/1510 de Pinturicchio (Bernardino di Betto, 1454–1513)

smp6

Pinturicchio, A  Virgem com o Menino no trono com Santo Agostinho, São Nicolau Tolentino, São Francisco de Assis e um outro Santo.

smp401

Deus Pai benzendo e rodeado de Anjos no tímpano do arco superior da pintura.

Nas paredes laterais da capela: no lado esquerdo uma Assunção de Pinturicchio e do lado direito o túmulo de Giovanni Della Rovere possivelmente da escola de Bregno.

De reparar nas figuras em trompe-l’oeil como se fossem baixos-relevos, pintadas na parte inferior da capela, por Jacopo Ripanda (14??- c.1516)

smp4b

Comparar a composição renascentista desta Assunção de Pinturicchio, com a composição barroca da Assunção de  Annibale Carracci, cerca de um século depois e que se encontra na Capela Cerasi desta igreja. (ver mais adiante o n.º10 Capela Cerasi)

Repare-se na disposição e na pose das personagens, e sobretudo no plano Celeste totalmente dividido do plano Terreno, onde os Apóstolos não se olham entre si e não olham para a Virgem, parecendo ainda desorientados com a Assunção da Virgem.

smp4

Pinturicchio –L'Assunzione

smp4a

Detalhe da parte inferior.

smp65a

À direita o monumento funerário de Giovanni Della Rovere (1403-1483). Na luneta Cristo morto amparado por dois anjos de Antonio da Viterbo (Antonio del Massaro da Viterbo dito il Pastura c. 1450-151?)

smp65

As pinturas da parte inferior.

smp65c

smp175

O túmulo de Giovanni Della Rovere in RenascenceThe Sculptured Tombs of the Fifteenth Century in Rome by Gerald S. Davies M.A. New York E. P. Dutton and Company 1916

Sob a janela outras cenas pintadas em trompe-l’oeil.

smp66smp66a

No pilar exterior o túmulo de Teresa Olivi Benvenuti (1855), de Stefano Desiderii patrizio Bolognese (1633) e de Maria Anna de Magistris (1856).

smp117

O busto do papa Nicolau IV, Girolamo Masci (1227-1292).Foi o primeiro papa Franciscano entre 1288 e 1292.

smp501

4 Capela Costa de 1489 dedicada a Santa Catarina

Do fundador, o centenário cardeal português D. Jorge da Costa (1406-1508), mais conhecido como Cardeal da Alpedrinha.

smp00005    smp40

smp1003

Paul Letarouilly – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXL

Nas lunetas da cúpula os Pais da Igreja da escola de Pinturicchio de 1489.

No altar um tríptico de mármore da escola de Bregno, com Santa Catarina entre S. Vicente e Santo António com os respectivos símbolos.

smp1001

Paul Letarouilly – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXL

Os três santos representados, São Vicente, Santa Catarina e Santo António tem uma forte ligação a Portugal.

smp54

À direita o túmulo de Marcantonio Albertoni  (14??-1485) obra de Iacopone d’Andrea (??-??) e que esteve colocado no transepto. (***)

(***) Muitas das sepulturas não se encontram nos locais originais quer pela intervenção de Bernini no século XVII, quer pelas intervenções do século XIX, na remodelação da praça del Popolo de Giueseppe Valadier, que implicou a demolição do Convento.

smp176

O túmulo de Marcantonio Albertoni in Renascence The Sculptured Tombs of the Fifteenth Century in Rome by Gerald S. Davies M.A. New York E. P. Dutton and Company 1916

smp53 

À esquerda o túmulo do fundador da capela, o  cardeal português D. Jorge da Costa (1406-1508), da escola de Mino da Fiesole (1429-1484), e de Giovanni Dalmata (c. 1440 – c. 1514).

smp104

Anteriormente colocado noutras capelas da igreja (***), encontra-se hoje ao centro da capela o tumulo em mármore e bronze do cardeal Pietro Foscari (c.1417-1485) de Giovanni di Stefano da Siena (1443 – c. 1506) anteriormente atribuído a Vecchietta (Francesco di Giorgio e di Lorenzo 1410-1480).

(***) idem

smp42smp42c

Sir Charles Holroyd (1861-1917) Bishop's Tomb, S. Maria del Popolo 1897 gravura  25,1 x 17,5 cm. the British Museum

Ainda o monumento fúnebre de Vincenzo Casciani (1833) desenhado pelo arquitecto Luigi Poletti (1792-1869), e com um busto de Matteo Kessels (1785-1836).

smp210

No pilar externo o túmulo do cardeal Giovanni Gerolamo Albani (1509-1591).

 smp158  smp119

E o túmulo do cardeal Giovanni Battista Pallavicini (1480-1524).

smp156  smp157

5 - braço sul do transepto

smp00006smp115

O transepto renovado por Bernini tem na extremidade sul, um altar com uma Visitação de Santa Isabel de Giovanni Maria Morandi (1622-1717), ladeada por dois Anjos, de discípulos de Bernini, sendo o da direita de Giovanni Antonio Mari (1630-1673), e o da esquerda de Ercole Ferrata (1610-1686). smp21b

O Anjo de Ercole Ferratasmp225

Bouchardon, Edme (1698-1762) Deux anges de chaque côté d'une stèle dans une coupole  sanguínea 27,0 x 41,7 cm. Musée du Louvre

smp18

Giovanni Maria Morandi (1622-1717) Visitação 1659

Ainda um sepulcro anónimo com baixo-relevos de Luigi Simonetti (activo entre 1834 e 1859).

Os orgãos

O transepto tinha em cada lado, no alto, dois orgãos desenhados por Bernini, dos quais apenas resta da parte musical um dos originais, o do lado sul. A folhagem que envolve os tubos representam os ramos da árvore símbolo do brasão Rovere (do papa Júlio II), e depois introduzido no brasão dos Chigi. O orgão tem a participação dos escultores discípulos de Bernini, entre os quais Gabriele Renzi e Antonio Raggi (1624-1686). A parte musical é de Giuseppe Testa.

smp58

_______________________________________

A Capela Papal

De cada vez que o Papa vinha assistir a cerimónias realizadas na igreja, era arranjada uma “capela papal”  no transepto. Aqui eram colocados até 1591 quando foram vendidos pelos frades ao cardeal Paolo Emilio Sfondrato (1560-1618), os célebres quadros de Rafael Sanzio (1483-1520) o Retrato de Júlio II (actualmente na  National Gallery de Londres) e La Madonna del Velo mais conhecida como a Madonna di Loreto (actualmente no  Musée Condé di Chantilly).

smp123a

Rafael Retrato de Júlio 1511/12 óleo sobre madeira 108 x 80,7 cm
National Gallery, Londres

smp123

Rafael Madonna di Loreto (Madonna del Velo) 1509/10 óleo sobre madeira 120 x 90 cm. Musée Condé, Chantilly

_________________________________________________________

6 – corredor

smp00007smp111

No corredor estão colocados A Coroação de Maria, baixo -relevo com ornamentos góticos do século XV sobre a porta da Sacristia.

smp112  smp213

O túmulo de  Bernardo Heloin, com figura jacente (1584)  e de  Carlo Guattani (1707 - 1773).

smp72

O túmulo de  Nestore Malvezzi (?-1488)smp177

Túmulo de Nestore Malvezzi in Renascence – The Sculptured Tombs of the Fifteenth Century in Rome by Gerald S. Davies M.A. New York E. P. Dutton and Company 1916

Na parede um baixo-relevo representando S. Agostinho e Santa Catarina ladeando a Virgem Maria, que pertenceu ao altar de 1497.

smp1009

Paul Letarouilly – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXLsmp71smp71a smp71b smp71c

Ainda no  Corredor os sepulcros de Cherubino de Albertis (1553–1615) pintor e gravador e do bispo Carlo Traversari (?-1552).

smp220 

7 – Sacristia

smp00008

Na Sacristia está o tabernáculo de 1473 de A. Bregno feito para o altar do papa Alexandre VI (Bórgia) depois da reconstrução da igreja feita por Sisto IV, e onde estava colocada a imagem hoje no altar mor. No centro tem uma Virgem com o Menino Jesus. Em nichos laterais S. Paulo, S. Pedro, S. Jerónimo e S. Agostinho. Sobre o arco Deus Pai com a pomba do Espírito Santo ladeado por dois Anjos.

smp28

Na sacristia estão os túmulos dos bispos Pietro Guglielmo Rocca (?-1482)…

smp113smp2000

Túmulo de Pietro Guglielmo Rocca imagem em  Liszt Collection 1875 http://www.agefotostock.com/

smp172

Túmulo de Pietro Guglielmo Rocca in RenascenceThe Sculptured Tombs of the Fifteenth Century in Rome by Gerald S. Davies M.A. New York E. P. Dutton and Company 1916

…e de Giovanni Ortega Gomiel (?-1514), arcebispo de Burgos.smp114

8 – Capela de S. Lúcia / S. Rita de Cássia

smp00009smp116

Nela estiveram sepultados Giovanni Borgia, duque de Gandia (c.1475-1497), filho de Alexandre VI, que se pensa ter sido assassinado em 1497 pelo irmão Cesare de Borgia (c.1476-1507), e a sua mãe Vannozza Catanei  (1442-1518). A capela foi profanada durante o saque de Roma de 1537. Existiu aqui um quadro de S. Lúcia que se dizia ser a própria Vannozza Catanei, e que foi mandado remover por Alexandre VII.

Na parede o sepulcro do cardeal  Odoardo Cicala (?-1545) com um busto de mármore branco.

 smp198  smp198a

No pavimento o túmulo do cardeal Giovanni Battista Cicala (1510-1570) com as armas da família em bronze.

smp211

A capela foi restaurada em 1901 e dedicada a Santa Rita de Cássia. No altar um quadro da Santa pintado por Giovanni Piancastelli (1845-1926).

No pilar exterior o sepulcro do escultor Giuseppe Giacometti (1851), com um medalhão do seu filho Pietro Giacometti.

smp216       smp216a

8a – Capela de S. Tomás de Vilanova

smp000018  smp171

No altar S. Tommaso di Villanova dando esmola aos pobres , de Fabrizio Chiari (1615-1695).  São Tomás de Vilanova de seu nome Tomás García Martínez (1488-1555) foi proclamado santo pelo papa Alexandre VII em 1658.

smp92e

Nas paredes laterais os túmulos de Carlo Feoli (1873) e  Luigi Feoli (1871) de  G. Cerulli (activo de 1871 a 1876), e os túmulos de Agostino Feoli (1858) e  Luisa e Ferdinando Bartolucci (1859).

 smp92   smp200smp92b smp200asmp200b                 smp200

9 – Altar Mor e Abside

smp000010  smp73

No altar mor está colocado um belíssimo ícone da Virgem, do século XIII, de autor anónimo, também atribuído ao Mestre de San Saba, mas lendariamente atribuído a São Lucas.

smp14

Maestro di San Saba ?, Madonna con Bambino, Madonna di san Luca ou Madonna del Popolo  madeira 112 x 95 cm.

Com a remoção do altar de Bregno para a Sacristia a imagem foi colocada num novo altar promovido pelo cardeal Antonio Maria Sauli (1541-1623), que foi Núncio Apostólico em Portugal entre 1579-1580.

smp74

No arco sobre o Altar Mor a Leggenda della fondazione della chiesa (Lenda da fundação da igreja).

Dos lados e por detrás do altar-mor, os belos mausoléus de 1509 dos cardeais Girolamo Della Rovere (1528-1592) e Ascanio Maria Sforza Visconti (1455-1505). Os túmulos são de Andrea Sansovino (Andrea Coducci, c.1467 - 1529), escultor que esteve em Portugal nos finais do século XV. De notar a posição das estátuas jacentes em que as figuras se apoiam num braço.

Stendhal, nas Promenades a Rome, depois de referir as pinturas do Pinturicchio refere estes túmulos: “Il faut examiner deux beaux tombeaux du Sansovin.”  (É indispensável apreciar dois belos túmulos de Sansovino)

smp1005

Paul Letarouilly – Edifices de Rome Moderne ou Recueil des palais, Maisons, Églises, Couvnets et d’autres monuments publics et particuliers les plus remarquables de La Ville de Roma dessinés mesurés et publiés par P. Letarouilly Architecte tome troisième Typographie de Firmin Didot Frères Paris MDCCCXL

smp15

Andrea Sansovino (c. 1467-1529) Monumento fúnebre de Ascanio Sforza

O pormenor da posição das figuras apoiadas num cotovelo.

smp1011

Sentadas de ambos os lados e em nichos ladeados de colunas as alegorias das Virtudes.

smp161a        smp161

 

smp25h

Na outra parede, com uma forma semelhante, está o túmulo de Girolamo Della Rovere também de Andrea Sansovino encomendado pelo filho Domenico Della Rovere.

smp25a

Tem na parte superior a estátua do Cristo ladeado por duas estátuas de anjos.

smp25c

Dos lados sentadas as Virtudes: Fé e Esperança

smp25fsmp25e 

E em nichos a Temperança e a Força.

smp25posmp25d

smp25psmp25abcd

smp25j

Auguste Grandjean de Montigny (1776-1850) (**), e A. Famin pub. Ducher & Cie 1815 e 1874

No tecto da abside a Coroação de Maria, os Evangelistas alternando com as Sibilas e nos pendentes os Quatro Doutores da Igreja executados entre 1508 e 1509 por Pinturicchio.

smp19

smp19p

A imagem da Virgem ao centro e inscrita num octógono, está rodeada pela imagem dos 4 Evangelistas, alternando com as imagens das Sibilas. Nos quatro apoios da cúpula sentados Santo Agostinho, Santo Ambrósio, São Gregório Magno e São Jerónimo.

smp19a       smp19b

São João e São Lucas

smp19c        smp19d

São Marcos e São Mateus

smp19f

Sibila Ciméria

smp19g

Sibila Délfica (Daphne)

smp19h

Sibila Eritreia (Prisca)

smp19i

Sibila Pérsica (Sambeta)

smp19e

Santo Agostinho um dos quatro Doutores da Igreja representados.

Donato Bramante quando interveio na igreja por encomenda de Júlio II, ampliou as pequenas janelas existentes, criando duas serlianas. Nelas foram colocados em 1509, vitrais de Guglielmo de Marcillat ou Guillaume de Marseille ou Guilherme de Marselha (1467–1529).

smp16

G. Marcillat  - História de Jesus menino: nascimento, adoração dos pastores, apresentação no Templo e Jesus no Templo.

smp17

G. Marcillat - História de Maria o casamento de S. Joaquim e Santa Ana, o nascimento de Maria, a apresentação no templo, o casamento com S. José, a Anunciação e a Visitação.

(CONTINUA)

Sem comentários:

Enviar um comentário